sábado, 25 de abril de 2009

Era uma vez...


Os pequenos cientistas

Dar grandes passeios pela natureza é óptimo, desde que se saiba onde se está. Mas aconteceu que os pequenos cientistas já não estavam a achar muita piada ao passeio, porque se tinham perdido completamente.

- Há por aí quem faça ideia de onde estamos? – perguntou a Luísa cautelosamente.

- Claro - disse logo o Vicente - Está tudo sob controlo.

- Ai sim? - replicou a Luísa - Isso é muito interessante. Então digam lá onde é que é o norte?

Imediatamente, todos os braços se esticaram e todos os dedos apontaram para as mais variadas direcções, até a Belzebu (o gato dos pequenos cientistas) apontou para uma direcção, certa de que esta era a correcta.

– Vejam só a confusão – disse a Luísa.

– Estamos completamente perdidos, essa é que é a verdade!

Agora era preciso não perder a calma. O Vicente já tinha desdobrado o mapa com os percursos. Mas em que posição é que ele devia ser colocado? Onde é que era o norte, o sul, o este e o oeste?

– Alguém trouxe uma bússola? – quis saber o Vicente.

Joachim Hecker, Os pequenos cientistas,Editorial Presença (adaptado)

Os meninos da Escolinha dos Lápis pensaram em várias soluções para os pequenos cientistas…

Grupo (Sara e Beatriz Nascimento)

-Vou fazer uma bússola!

A Luísa foi buscar algumas “coisas” às mochilas e quando acabou foi para perto dos amigos.

- Eh cientistas! Fiz uma bússola! – disse a Luísa.

- Então já sabemos onde está o norte, o sul, o este e o oeste – disse o Vicente.

- Então norte é para trás, sul é para a frente, este é para a esquerda e oeste é para a direita – disse a Luísa.

Os cientistas queriam ir para este e por isso utilizaram a bússola.

Grupo (Francisco e Luís Filipe)

Os pequenos cientistas pensaram durante algum tempo e descobriram a resposta.

O Vicente perguntou:
- Onde está a Estrela Polar?
O que é a Estrela Polar? - perguntou a Luísa
-
A Estrela Polar é a estrela mais brilhante no céu e que nos indica o norte - respondeu o Vicente.

A Belzebu miou quando viu a Estrela Polar.

A seguir os pequenos cientistas seguiram a Estrela Polar e foram ter ao laboratório.

Sem comentários: