quarta-feira, 29 de julho de 2009

“A união faz a força!”

Os amiguinhos da selva

Era uma vez um papagaio que se chamava Papagaio Colorido e tinha a profissão de carteiro da selva. Um dia, como andava sempre sozinho e não tinha quem o ajudasse, perdeu a mensagem que transportava e quando já estava a chegar ao outro reino teve de regressar.

Quando o Papagaio Colorido regressou para o seu palácio, encontrou uma arara.

Como é que te chamas? – perguntou o Papagaio Colorido.

Eu chamo-me Arara Sara.

– Queres ser minha amiga e ajudante de trabalho? – perguntou o Papagaio Colorido.

– Sim – disse a Arara Sara.

E, a partir daí, começaram a trabalhar juntos.

Um dia, quando iam entregar correio, encontraram um elefante que lhes perguntou:

– Como é que vocês se chamam?

– Eu sou o Papagaio Colorido.

– E eu sou a Arara Sara.

– E tu, como é que te chamas? – perguntaram as aves.

Eu chamo-me Elefante Tomás.

– Queres ajudar-nos a transportar o correio? – perguntaram as aves.

– Sim, gostava muito!

– Oooooooooooooohhhhhhhhh… … … – disseram as aves.

– Mas como é que tu vais atravessar as lianas que existem no caminho? – perguntaram as aves.

– Tu não sabes voar como nós, tens que caminhar e vai ser muito difícil afastá-las! – disseram as aves em coro.

– Eu sou muito forte, não vou ter problema nenhum – disse o Elefante Tomás.

– Então está bem! – respondeu a Arara Sara.

E lá seguiram os três amiguinhos.

Mais à frente, encontraram o Tigre Rafa e então lembraram-se de lhe pedir ajuda, pois tinham uma situação complicada para resolver.

– Olá Tigre Rafa, ainda bem que te encontramos – disseram os amiguinhos

– Porquê? – perguntou o Tigre Rafa.

– Porque nós temos de entregar o correio num palácio muito distante, mas estamos com receio de encontrar o Feiticeiro Malvado. Será que nos podes ajudar? – perguntou o Elefante Tomás.

– É para já, vou fazê-lo com toda a gentileza, meus amiguinhos – disse o Tigre Rafa.

– Vamos lá então, até ao palácio. – disseram as aves.

– Yaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh… … … …

E assim seguiram os quatro amiguinhos com mais segurança para enfrentar o Feiticeiro Malvado.

“A união faz a força!”

Texto de Luís Lopes (4º ano)

Sem comentários: